Conheça Carolina Maria de Jesus

14 de Março de 2014

1 comentários

Carolina Maria de Jesus nasceu em Sacramento em 14 de março de 1914. Foi alfabetizada na primeira escola espírita do Brasil, o Colégio Allan Kardec. De Sacramento saiu adulta para morar na favela do Canindé na cidade de São Paulo onde trabalhou como doméstica e catadora de papel. Carolina teve três filhos, João, José Carlos e Vera Eunice.

Em 1958, o jornalista Audálio Dantas, descobriu Carolina e seus diários em uma reportagem que realizava na favela. A vida da mulher negra e favelada transformou-se em matéria jornalística da revista O Cruzeiro e da Folha da Noite. Em 1960, Audálio Dantas publicou o livro que tornaria Carolina famosa em todo o mundo, “Quarto de Despejo”, que foi lançado pela livraria Francisco Alves em agosto do mesmo ano.

Por oito vezes em 1960, Carolina teve mais de 70 mil exemplares da obra vendidos. O livro Quarto de despejo foi traduzido para 14 idiomas e alcançou mais de 40 países, como Dinamarca, Holanda, Argentina, França, Alemanha, Suécia, Itália, Tchecoslováquia, Romênia, Inglaterra, Estados unidos, Rússia, Japão, Polônia, Hungria e Cuba.

Carolina também publicou Casa de Alvenaria (1961), Provérbios e Pedaços da fome (1963) e Diário de Bitita (publicação póstuma realizada em 1982, pela editora francesa A. M Métailié e em 2007 pela editora Bertolluci de Sacramento).
Carolina morreu em 13 de fevereiro de 1977, em Parelheiros na periferia de São Paulo, e foi sepultada no Cemitério do Cipó em São Paulo/SP.

Fonte: Prefeitura Municipal de Sacramento

Imagem Internet

  • Compartilhe

1 comentário

  •  
    Francisco Alves

    5 de Maio de 2014 as 21:16

    Responder


    Esse é mais um tipico exemplo da riqueza da cultura brasileira,quantas Carolina Maria de Jesus? estão sucumbidas no submundo do esquecimento?

Deixe um comentário

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>